Obra de Souto Moura em exposição no Convento de Cristo

2183

souto_moura_tomar

A exposição ‘Eduardo Souto de Moura: Continuidade’, que aborda os simbolismos e as analogias na obra do arquiteto portuense, vai estar patente, a partir de 3 de março, no Convento de Cristo, em Tomar.

Com curadoria de André Campos e Sérgio Koch, a exposição – que apresenta sete projetos em formato de maquete, e uma série de oito vídeos originais da autoria do realizador Takashi Sugimoto – vai estar no convento até 28 de março.

Eduardo Souto de Moura, 63 anos, nascido no Porto, premiado com o Pritzker em 2011, assinou, entre outros projetos, o Estádio Municipal de Braga, a Casa das Histórias Paula Rego, em Cascais, e o Centro de Arte Contemporânea Graça Morais, em Bragança.

No ano passado, foi premiado pela X Bienal Ibero-americana de Arquitetura e Urbanismo (BIAU), que decorreu em Madrid, “pelo importante contributo do seu ensino em universidades de diversos países”, justificou a organização.