A moda das selfies inspira museu

208

selfie_museum_la

Museum of Selfies é o novo museu dedicado à «ciência, arte e cultura da auto-representação» e vai ser inaugurado no próximo mês de fevereiro, na Califórnia, Estados Unidos.

Situado em Glendale, um subúrbio a oito quilómetros de Los Angeles, o museu pop-up (estará aberto apenas de 17 de fevereiro a 17 de abril) pretende traçar a história do auto-retrato, que teve o seu início há mais de 40 mil anos, e do fenómeno das selfies – segundo o museu, são publicadas mais de 2,4 milhões de selfies por dia.

Com 743 metros quadrados, as instalações interativas do museu explorarão uma série de temas com uma «abordagem pedagógica e divertida», dando especial atenção às selfies de comida e às que são tiradas nos espelhos das casas de banho.

A exposição «highup- selfie» contará com um arranha-céus falso, onde as pessoas poderão subir para tirar uma fotografia vertiginosa no «terraço». O museu também terá uma série de obras originais de vários artistas de todo o mundo, que mostrarão uma «visão provocativa e criativa do fenómeno das selfies».

Museum of Selfies, onde as entradas terão um custo de 25 dólares (cerca de 20,80 euros), não é o primeiro a explorar as selfies como uma forma de arte. Em Londres, a exposição «From Selfie to Self-Expression», da galeria Saatchi, também apresentou vários auto-retratos famosos, de Vincent vanGoghTracey Emin e Rembrandt, a selfies de celebridades como Barack Obama, David Cameron e Benedict Cumberbatch.

Fonte: Volta ao Mundo