Academia de Belas-Artes da Pensilvânia recebe doação milionária

53

A Academia de Belas-Artes da Pensilvânia, EUA, herdou um fundo de 8 milhões de dólares (cerca de 7 milhões e 140 mil euros) para a criação de uma bolsa de estudo. A herança foi deixada por Estelle Rubens, uma docente voluntária da instituição durante 15 anos.

Rubens viveu toda a sua vida em Filadélfia e, juntamente com seu falecido marido Raymond, tornou-se um membro ativo e apoiante do museu e da escola, que conta com artistas como Njideka Akunyili Crosby, Thomas Eakins e Mary Cassatt entre seus ex-alunos.

O dinheiro tem de ser utilizado mediante condições. Tem de ser usado para criar um fundo com o nome de “Raymond D. e Estelle Rubens Travel Scholarship Fund”, que cria uma bolsa para ser concedido a estudantes com base no seu desempenho. Os estudantes participantes recebem 5.000 dólares (aproximadamente 4460 euros) para despesas de viagem para a Europa, depois do terceiro ano de estudo, bem como dois semestres na academia pagos integralmente. O fundo estipula ainda que existam pelo menos três bolsas de estudo anuais. No dia 10 de maio, dia da cerimónia de formatura da academia, serão anunciadas oito novas bolsas.

Fonte: JN