Museu Cargaleiro | DIM2019

40

O Dia Internacional dos Museus celebra-se no próximo dia 18 de maio, e o Museu Cargaleiro irá assinalar esta data que pretende evidenciar a importância dos museus na sociedade atual. A celebração desta data iniciou-se a 18 de maio de 1977, por proposta do ICOM – Conselho Internacional de Museus (organismo da UNESCO), adotando uma temática anual. Em 2019, o foco recai nos “Museus como centros culturais: O futuro da tradição”, evidenciando o papel dos museus num mundo em mudança, e de como estes espaços culturais se podem reinventar com o objetivo de se tornarem mais interativos, focados nos diferentes públicos, orientados para as comunicadas, flexíveis e adaptáveis.

Nesta comemoração internacional, o Museu Cargaleiro vai receber no dia 17 de maio, pelas 14h30 o Grupo de Teatro da Escola Superior de Educação, que irá apresentar a peça “Hoje, há Fábulas no Museu“, uma atividade destinada ao público escolar.

No dia 18 de maio, sábadoo Museu abre portas ao público de forma gratuita, entre as 10h00 e as 13h00 e as 14h00 e as 18h00, estando prevista uma visita orientada, limitada a 25 participantes e sujeita a inscrição prévia, pelas 16h00, devendo os interessados entrar em contacto com o Museu Cargaleiro.

A programação integra ainda a atividade “Bordar o barro“, a desenvolver no âmbito do estágio de introdução á prática profissional em contextos não formais pelas alunas da Licenciatura em Educação Básica da Escola Superior de Educação- Mariana Moucho e Marta Monteiro, estagiárias no Museu Cargaleiro e no Centro de Interpretação do Bordado, numa parceria com o Serviço Educativo da Fundação Manuel Cargaleiro, agendada para as 10h00, envolvendo os públicos infantil e sénior da Casa de Infância e Juventude e da Santa Casa da Misericórdia de Castelo Branco.

Para o encerramento do dia, será realizado um concerto, na Praça Manuel Cargaleiro, pelas 21h30, pela orquestra de sopros e pela Big Band, do Conservatório Regional de Castelo Branco sob direção dos maestros Bruno Cândido e Pedro Ladeira. O concerto ao ar livre e de acesso gratuito resulta da parceria estabelecida entre esta entidade e a Fundação Manuel Cargaleiro.