Festival Literário de Bragança 2019

76

São mais de 30 escritores os que este ano vão participar na quinta edição do Festival Literário de Bragança. Com data marcada entre os dias 22 e 25 de maio, o evento conta com diversas atividades, desde a apresentação de livros, até à música, iniciativas nos dois estabelecimentos prisionais do concelho (Bragança e Izeda) e deslocações a escolas.

Em destaque estará o lançamento da coletânea ‘Rostos da Terra’ da Academia de Letras de Trás-os-Montes, que reúne textos de cerca de meia centena de escritores da região. Também autores conhecidos no panorama literário nacional estão confirmados, como João Tordo, Nuno Nepomuceno, Luís Osório, Tiago Salgueiro, Bruno Vieira Amaral, Nuno Amado, Elizabete Neves, Ana Bárbara de Santo António, entre outros.

“O festival é um grande evento e uma referência a nível nacional. Este ano com a novidade de fazer a inclusão social com a realização de iniciativas nos estabelecimentos prisionais de Bragança e de Izeda”, referiu o presidente da câmara de Bragança, Hernâni Dias, no final da apresentação do Festival Literário esta terça-feira.

A organização do festival está a cargo do município e da Academia de Letras de Trás- os- Montes (ALTM), com contratação de serviços à Editorial Novembro, uma parceria que o autarca considera “que tem resultado bem” e por isso o município “continua com esta forma de trabalho no sentido de valorizar ainda mais o evento”, salientou o autarca destacado que o festival este ano será “democratizado ao levá-lo aos estabelecimentos prisionais de Bragança e de Izeda, bem como às escolas e ao meio rural para incluir e promover o convívio intergeracional ligado à temática do livro”. Uma das escritoras presentes fará uma homenagem à poetisa Sophia de Mello Breyner Andresen.

Fonte: JN