Mata do Bussaco apresenta Bosque em homenagem a Nelson Mandela

51

Numa das zonas da Mata do Bussaco mais afetadas pela passagem da tempestade Leslie vai nascer o Bosque Madiba, em homenagem a Nelson Mandela, líder histórico da luta contra o apartheid.

A homenagem ao vencedor do Prémio Nobel da Paz de 1993 resulta da cooperação entre a Câmara da Mealhada, Associação Patrulheiros e a Fundação Mata do Bussaco. O Bosque será apadrinhado pelo neto do líder sul-africano Ndaba Mandela, que dirige a Fundação África Risi.

O Bosque terá 100 árvores numeradas, que representarão, cada uma delas, um momento da vida de Nelson Mandela. Será plantado no Parque dos Leões e áreas adjacentes, num local junto ao Palace Hotel fustigado pelo Furacão Leslie, em outubro de 2018.

A autarquia propõe-se ainda a desenvolver um projeto de Educação para a Cidadania, intitulado “O Legado de Mandela”.

O projeto “será dirigido à comunidade educativa, durante o ano letivo 2019/2020, como forma de celebrar a vida e o legado de um dos heróis mais adorados, icónicos e vencedores do Prémio Nobel da Paz, de todos os tempos, sendo uma forma de transmitir às gerações mais novas os valores da paz, da cooperação e do diálogo”, refere a Câmara deste concelho do distrito de Aveiro.

A apresentação pública internacional da Tour Nacional “O Legado da Terra” acontecerá entre 15 e 20 de julho, no Bussaco, contando com a presença do neto de Mandela, Ndaba Mandela. Nesta ocasião, será plantada a árvore n.º 18, que simboliza o dia do nascimento de Nelson Mandela, há precisamente cem anos, e ocupará uma posição central no Bosque.

Fonte: As Beiras