Centro de Documentação dos Portos de Lisboa e de Setúbal e Sesimbra tem novas instalações

75

Arquivo

O Centro de Documentação dos Portos de Lisboa e de Setúbal e Sesimbra tem a partir de hoje residência no Barreiro, no Parque Empresarial Baía do Tejo, no Barreiro. Esta área conta já com o Museu Industrial da Baía do Tejo, o Espaço Memória (que inclui o arquivo histórico da CM do Barreiro), o Arquivo e Biblioteca Ephemera de José Pacheco Pereira, o Arquivo da Fundação Amélia de Mello (Arquivo da CUF) e o estúdio do artista VHILS.

O objetivo desta centralização é permitir que o acervo documental dos três portos sirva não apenas as respetivas administrações portuárias, mas também o público em geral e a comunidade científica.

O Centro de Documentação dos Portos de Lisboa e de Setúbal e Sesimbra terá a responsabilidade de custódia e disponibilização da documentação produzida no âmbito da atividade das autoridades portuárias. Promovendo também a divulgação e promoção da história e da importância destes portos e da atividade portuária para o desenvolvimento da Área Metropolitana de Lisboa, possibilitando, assim, a conservação da memória destas instituições.

Fonte: Arte Capital