Paraty classificado pela UNESCO

77

Paraty

A região de Paraty, no Estado do Rio de Janeiro, Brasil, recebeu esta sexta-feira a classificação de Património Cultural e Natural Mundial da UNESCO, na reunião do comité da organização que está a decorrer em Baku, no Azerbaijão, anunciou a organização.

A candidatura brasileira, que diz respeito à área de Paraty e da Ilha Grande, e que já tinha sido levada ao Comité do Património Mundial em 2009, tendo então sido devolvida, é a primeira classificação de carácter misto, do Brasil, de Património Cultural e Natural, aprovada pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura. De acordo com o parecer do comité, o destaque dado à biodiversidade, na região, foi decisivo para a classificação.

O território agora classificado abrange quase 149 mil hectares, com o centro histórico de Paraty rodeado de quatro áreas de conservação ambiental: o Parque Nacional da Serra da Bocaina, o Parque Estadual da Ilha Grande, a Reserva Biológica Estadual da Praia do Sul e a Área de Protecção Ambiental de Cairuçu, de acordo com o Instituto do Património Histórico e Artístico Nacional do Brasil (IPHAN).

A área de fronteira desta região estende-se a 407 mil hectares, envolve 187 ilhas, sendo grande parte coberta por vegetação primária, com “rica diversidade marinha”, destaca o IPHAN.

Fonte: Público