Estremoz abre curso sobre técnicas de produção de bonecos com “selo” da UNESCO

100

Figurado de Estremoz

Uma formação sobre técnicas de produção de bonecos de Estremoz em barro, classificados pela UNESCO, vai decorrer de 20 de setembro a 6 de dezembro deste ano, na cidade alentejana, divulgou nesta terça-feira a câmara municipal.

A “Produção de Figurado em Barro de Estremoz”, vulgarmente conhecida como bonecos de Estremoz, foi classificada como Património Cultural Imaterial da Humanidade, pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), em 07 de dezembro de 2017, na sequência de uma candidatura apresentada pelo município.

Segundo a autarquia, o curso, que vai decorrer no Palácio dos Marqueses da Praia e Monforte, em Estremoz, no distrito de Évora, tem a duração de 150 horas, com vagas limitadas a 16 formandos, sendo necessário inscrição, gratuita.

No plano curricular constam disciplinas como introdução à história da cerâmica, técnicas de conformação manual, técnicas de acabamento em cerâmica e execução de projetos criativos, administradas pelos formadores Hugo Guerreiro, Luís Parente, Isabel Borda de Água e Jorge da Conceição.

Trata-se de uma parceria entre o Centro de Formação Profissional para o Artesanato e Património (CEARTE) e o município de Estremoz, que tem como objetivo “dar formação de qualidade a quem quiser aprender tudo sobre os bonecos de Estremoz”.

Fonte: Observador