Jornadas de Património “A construção da cidade e da cidadania”

128

IV Jornadas Património Estarreja

Arqueologia e Arte Pública encerram formas de património cultural de passado e presente, formas de desenvolvimento das cidades e da cidadania. Estruturas arquitetónicas, instalações artísticas, pintura mural ou artes performativas… Que legado cultural temos e deixaremos?

No próximo sábado, dia 23 de novembro, as IV Jornadas do Património do Concelho de Estarreja farão o convite à reflexão acerca de conceitos, espaços e paradigmas. O tema da edição deste ano é “A Construção da Cidade e da Cidadania: da Arqueologia à Arte Pública”.

Num formato de mesa redonda, convidados, de reconhecido mérito e experiência, colocarão em debate a reflexão sobres questões como: de que forma a intervenção artística e cultural, em diálogo com as populações, contribui para a transformação e desenvolvimento dos territórios e para qualidade de vida no espaço urbano, promovendo lógicas participativas para uma verdadeira cidadania cultural e de inclusão social?

Programa

9:30 Abertura secretariado
10:00 Sessão de Abertura
Diamantino Sabina, Presidente da Câmara Municipal de Estarreja

10:15 Mesa Redonda “O território e o legado cultural”
António Silva – Arqueólogo, com vasta bibliografia publicada nesta temática. Coordenador científico do projeto de investigação ARQ-EDOV, no âmbito do qual co-dirige os trabalhos arqueológicos no Castro de Salreu, Estarreja.
Edite Martins Sá – Arqueóloga. É investigadora do projeto de investigação ARQ-EDOV, no âmbito do qual co-dirige os trabalhos arqueológicos no Castro de Salreu, Estarreja.
Álvaro Domingues – Geógrafo. Doutorado em Geografia Humana pela FLUP e Professor Associado da Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto. Investigador do CEAU-FAUP.
Paulo Lima – Antropólogo. Integrou as equipas que instruíram dossiers com pedidos à UNESCO para potencial inscrição de bens nas listas do património cultural imaterial (Fado, Cante Alentejano, Fabrico de Chocalhos e Morna).

Moderadora | Rosa Maria Rodrigues
Licenciada em História. Diretora da Casa Museu Egas Moniz. Com pesquisas e trabalhos publicados na temática Moniziana.

12:30 Intervalo para Almoço

14:30 Mesa Redonda “Arte, Território, Cidadania e Desenvolvimento”
João Aidos – Engenheiro e Licenciado em Teatro. Programador e gestor do Projeto” Santarém Cultura”. Conselheiro Portugal Expo 2020, entre outras consultorias.
Luis Miguel Girão – Músico. Artista transdisciplinar que desenvolve aplicações da tecnologia como ferramentas para a expressão artística, com foco no momento no bioeletromagnetismo.
Lara Seixo Rodrigues – Arquiteta e curadora do ESTAU, bem como de outros festivais de Arte Urbana. Em 2014 fundou a MISTAKER MAKER | Plataforma de Intervenção Artística.

Moderadora | Paula Abreu
Socióloga
Professora Auxiliar na Faculdade de Economia da FEUC
Investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra

16:30 Sessão de Encerramento
Suzana Menezes, Diretora Regional da Cultura do Centro
Isabel Simões Pinto, Vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Estarreja

Entrada gratuita
Sujeita a inscrição para museugasmoniz@cm-estarreja.pt  até dia 20 de novembro.