Retratos de Cartier-Bresson em exposição, na Alfândega do Porto

63

Henri Cartier Bresson

“Henri Cartier-Bresson: Retratos” vai estar na Alfândega do Porto até 12 de abril, reúne 121 trabalhos do cofundador da agência Magnum e pretende juntar “pelo menos três” máquinas fotográficas da Leica, “a grande companheira” de Bresson, incluindo o modelo “da primeira que usou”, descreveu Ana Cristina Batista, da empresa portuguesa Art For You, que produz a mostra em parceria com a Fundação Henri Cartier-Bresson.

Os retratos de Marilyn Monroe, Coco Chanel, Pablo Picasso, Simone de Beauvoir, Robert Kennedy ou Martin Luther King são alguns dos que integram a exposição que tem curadoria de Aude Raimbault e chega a Portugal “pela primeira vez”, acrescentou a responsável.

Baseada no livro de retratos de Cartier-Bresson, “Tête à Tête” (de 1998), a exposição reúne 70 anos de trabalho, juntando personalidades marcantes da sociedade e indivíduos anónimos.

Para informações sobre visitas guiadas: visitasguiadas.cartier-bresson@artforyou.pt