Habitações e balneário romanos dão parque arqueológico a Braga

64

Parque Arqueológico, Ínsula Carvalheiras, Braga

A Câmara Municipal de Braga apresentou um projeto para a reconstrução da Ínsula das Carvalheiras. O propósito é recuperar as habitações romanas que foram construídas no local, bem como o respetivo balneário público.

A entrada principal no futuro parque arqueológico do centro histórico de Braga é feita através de um túnel com 40 metros, denominado “Túnel do Tempo”, e que vai recorrer às “Media Atrs” para evocar os dois milénios de história de Bracara Augusta.

O investimento estimado em 3 milhões de euros resulta de um longo trabalho de investigação de mais de 20 anos, que foi realizado pela Unidade de Arqueologia da Universidade do Minho e que, nos últimos anos, registou a parceria da Universidade de Tarragona, Espanha.

Fonte: Diário do Minho