Curso “ A arquitetura civil e religiosa de Guimarães nos séculos XV a XVIII”

200

Museu Alberto Sampaio, Guimarães

“ A arquitetura civil e religiosa de Guimarães nos séculos XV a XVIII”

O Museu de Alberto Sampaio promove no próximo dia 7 de janeiro um curso destinado a Profissionais da área do Turismo e Património. O convidado é o Doutor António José de Oliveira, que vai abordar a arquitetura civil e religiosa de Guimarães

O curso tem a duração de 6 horas, das 10h00 -13h00 / 14h30 – 17h30.

A participação tem o custo de 40 euros. As inscrições podem ser feitas presencialmente na receção do Museu, pelo telefone 253423910 ou através do envio da ficha de inscrição (ficha em anexo) para o e-mail masampaio.celiapontes@culturanorte.gov.pt

Nota: O curso só se realizará com o mínimo de 10 inscrições.

Curso

Tema: “ A arquitetura civil e religiosa de Guimarães nos séculos XV a XVIII“

Professor: António José de Oliveira (Doutorado em História de Arte Portuguesa (FLUP). Investigador do CITCEM (FLUP)

Data: 7 de janeiro de 2020
Horário: 10h00 -17h30
Custo: 40 euros

Programa:

  1. Aestrutura urbana e social de Guimarães nos séculos XV a XVIII
  2. Aarquitetura religiosa de Guimarães ao longo dos séculos
  3. Aarquitetura civil pública e particular de Guimarães ao longo dos séculos
  4. As clientelas, os mecenas, os artistas e as obras
  5. Aconservação, reabilitação e intervenção urbana no centro histórico de Guimarães (1977-2019).

 António José de Oliveira é licenciado em Ciências Históricas, mestre em História e Cultura Medievais (UM), doutorado em História de Arte Portuguesa (FLUP) e Investigador do CITCEM (FLUP). É Docente do Quadro do Agrupamento de Escolas da Lixa e Formador em Formação Continua de Professores. Orientou cursos livres ligados à Arte da Talha em Guimarães. Presidente da Direção da Associação “Amiguinhos do Museu de Alberto Sampaio”. Vice-presidente da Muralha-Associação de Guimarães para a Defesa do Património. Secretário da direção do Grupo de Amigos do Paço dos Duques e Castelo de Guimarães. Membro do Conselho Científico do Museu de Agricultura de Fermentões. Coordenador científico da monografia “500 anos da Misericórdia de Guimarães”. Conferencista em encontros científicos nacionais e internacionais. Autor de mais de cinquenta trabalhos científicos. Orientou diversas visitas guiadas ao património edificado vimaranense.