Apresentação da coleção monográfica ‘Arqueologia Industrial’

59

Museu da Indústria Têxtil

A coleção monográfica ‘Arqueologia Industrial’, de Lopes Cordeiro, marca o encerramento do programa ‘Percursos e memórias da indústria na Bacia do Ave’ que, durante o último trimestre de 2019, promoveu várias conferências e visitas guiadas a antigas fábricas dos primórdios da indústria têxtil famalicense. A apresentação da coleção monográfica terá lugar no sábado, dia 14 de Dezembro no Museu da Indústria Têxtil, em Vila Nova de Famalicão.

Esta coleção, fundada em 1987 como publicação periódica, será lançada em formato livro “constituindo uma coleção monográfica nas áreas da arqueologia, património e museologia industrial, procurando acompanhar o desenvolvimento destas áreas no país e no estrangeiro”, de acordo com comunicado da autarquia de Vila Nova de Famalicão.

A cerimónia de sábado marca o encerramento do ciclo ‘Percursos e memórias da indústria na Bacia do Ave’ promovido pelo Museu da Indústria Têxtil que, de Outubro a Dezembro de 2019, procurou traçar o retrato do impulso industrial vivido na região ao longo do século XIX e inícios do século XX.

        Programa
    1. 14 dezembro ‘19
        14h30 Apresentação da coleção monográfica Arqueologia Industrial
    1. Professor Doutor J. M. Lopes Cordeiro
        15h00 Conferência “O contributo da Revista de Guimarães para a mudança do paradigma industrial local”
    1. Paula Ramos Nogueira | Universidade de Coimbra, Instituto de Investigação Interdisciplinar, Centro de Física
    1. Local Museu da Indústria Têxtil da Bacia do Ave
    1. 16h30 Visita à exposição temporária “Indústria Têxtil da Guimarães: do sistema antigo ao advento das máquinas” (Arquivo Municipal Alfredo Pimenta, Guimarães)
    1. 17h15 Regresso ao Museu da Indústria Têxtil da Bacia do Ave
    1. 18h00 Encerramento