Museu de São Roque recebe a exposição “Um Rei e Três Imperadores”

70

Exposição Um rei e três imperadores, Museu São Roque, Lisboa

É hoje inaugurada, na Galeria de Exposições Temporárias do Museu de São Roque, da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML), a exposição “Um Rei e Três Imperadores. Portugal, a China e Macau no tempo de D. João V”.

Esta exposição, que tem Jorge Santos Alves como Curador, tem como objectivo mostrar as relações luso-chinesas na sua dimensão global, centrando-se na primeira metade do século XVIII – um dos períodos mais intensos e relevantes do relacionamento entre Portugal e a Europa, e a China.

Este período coincidiu, em boa parte, com o longo reinado de D. João V (1706-1750) em Portugal e com os reinados de três imperadores chineses – Qing – Kangxi (1662-1722), Yongzheng (1723-1735) e Qianlong (1736-1795) – e é revisitado nesta exposição através de mais de 50 peças que mostram o modo como se processou a aproximação e o conflito entre os dois reinos.

A exposição “Um Rei e Três Imperadores” organiza-se em quatro núcleos, divididos fisicamente na Galeria de Exposições Temporárias do Museu de São Roque.

“Um Rei e Três Imperadores. Portugal, a China e Macau no tempo de D. João V” estará em exibição até ao dia 5 de abril de 2020, e possui peças pouco conhecidas do público e outras que serão mostradas pela primeira vez.