Pauliteiros de Miranda candidatos a Património da UNESCO

59

Pauliteiros de Miranda

Os pauliteiros e gaiteiros de Miranda do Douro vão candidatar-se a património imaterial da UNESCO, segundo avançou, ao Jornal Nordeste, o presidente da câmara, Artur Nunes.
Neste momento está a ser recolhida toda a informação necessária para a inscrição na Matriz PCI, isto é, o Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial, para depois ser preparada e apresentada a candidatura para a UNESCO. Ainda assim o autarca reconhece tratar-se de um processo demorado, mas espera “lançar a candidatura” ainda no seu mandato e acredita que o reconhecimento da UNESCO trará valorização ao património, que muitas vezes é “desvalorizado” pelos responsáveis nacionais. “Exportar não é apenas produtos e nós exportamos cultura e, a partir dos pauliteiros, temos feito esse trabalho”, salientou, dizendo que merecem um olhar diferente por parte do Ministério da Cultura e do Governo. Artur Nunes destacou ainda que Portugal deve olhar para o património imaterial do país, que é “muito rico” e garante “valor acrescentado”.
Jornal do Nordeste