Lagos dá apoio de 3500 euros ao futuro museu de arte digital do Algarve

83

Museu Zero, Tavira, Arte Digital

A Câmara de Lagos vai atribuir um apoio de 3500 euros ao projeto do “Museu Zer0”, o primeiro museu de arte digital da Europa, que nascerá nas instalações da Cooperativa Agrícola de Santa Catarina da Fonte do Bispo, em Tavira.

A autarquia lacobrigense aprovou na última reunião de Câmara a proposta de contrato de parceria a celebrar entre o município de Lagos, o Instituto Lusíada da Cultura e a AMAL – Comunidade Intermunicipal do Algarve.

«Esse contrato inclui, entre outros aspetos, o estabelecimento de um programa de iniciativas de sensibilização e educação junto de agrupamentos escolares com o objetivo de aproximar a comunidade escolar ao “Museu Zer0” e ao seu conceito. Em adição, a parceria tem também o intuito de apresentar as obras digitais criadas no âmbito das atividades do projeto nos espaços detidos pelo Museu ou pelo município de Lagos», revelou a Câmara de Lagos.

O “Museu Zer0” será «especialmente dedicado à arte digital» e resulta da colaboração de vários municípios, que querem, desta forma, «criar no Algarve um local de representação física de obras de arte de carácter digital com vista ao reconhecimento nacional e internacional da região e da sua potencialidade artística».

«As obras apresentadas serão diretamente concebidas para serem exibidas nos espaços desse museu, mas também oriundas de acervos de outros museus internacionais, sempre apostando na inovação, nas novas tecnologias e na criatividade dos artistas residentes, portugueses e estrangeiros», concluiu a autarquia.

Fonte: Sul Informação