In Loco abre concurso de apoio à valorização do património local

70

associacao_inloco

A Associação IN LOCO, na qualidade de entidade gestora do Grupo de Ação Local para o Interior do Algarve Central, anunciou a abertura de um concurso para apresentação de candidaturas de valorização do património local, com apoio até 80% do investimento elegível.

No âmbito da medida 10 “LEADER”, do PDR2020, as candidaturas apresentadas devem “preservar, conservar e valorizar os elementos patrimoniais locais, paisagísticos e ambientais, bem como dos elementos que constituem património imaterial de natureza cultural e social dos territórios”.

A tipologia de intervenção a apoiar respeita a investimentos em recuperação e beneficiação do património local, paisagístico e ambiental de interesse coletivo e seu apetrechamento, sinalética de itinerários paisagísticos, ambientais e agroturísticos e elaboração e divulgação de material documental relativo ao património alvo de intervenção, incluindo ações de sensibilização, produção e edição de publicações ou registos videográficos e fonográficos com conteúdos relativos ao património imaterial e outros investimentos relativos ao património imaterial, nomeadamente aquisição de trajes, estudos de inventariação do património rural, bem como do “saber-fazer” antigo dos artesãos, das artes tradicionais, da literatura oral e de levantamento de expressões culturais, tradicionais, imateriais, individuais e coletivas, cujo custo total elegível, apurado em sede de análise, seja igual ou superior a 5 mil euros e inferior ou igual a 200 mil euros.

Os apoios previstos são de 80% do investimento elegível, sob a forma de subvenção não reembolsável.

Os investimentos devem estar localizados no território do Interior Algarve Central, que abrange as seguintes freguesias: Guia e Paderne, no concelho de Albufeira; Santa Bárbara de Nexe, Conceição e Estoi, no concelho de Faro; Alte, Ameixial, Boliqueime, Salir, São Sebastião e Querença, Tôr e Benafim, no concelho de Loulé; Pechão e Moncarapacho e Fuseta, no concelho de Olhão; São Brás de Alportel; São Bartolomeu de Messines e São Marcos da Serra, no concelho de Silves; e Cachopo, Santa Catarina da Fonte do Bispo e Luz de Tavira e Santo Estêvão, no concelho de Tavira.

O anúncio e demais informação relevante, nomeadamente legislação, formulários, orientações técnicas que incluem as listas de documentos a apresentar, estão disponíveis no portal do PORTUGAL 2020, no sítio do PDR2020, ou no sítio do GAL “Interior do Algarve Central”.

Esclarecimentos junto do Contact Center do PDR2020 (800500064), ou na Associação IN LOCO através do telefone 289840860 ou correio eletrónico dlbc@in-loco.pt.

Fonte: Região Sul