Antiga Central Eléctrica de Tomar reabre como museu

160

Tomar

O Núcleo Museológico da Central Eléctrica de Tomar, localizado no Complexo Cultural da Levada, vai abrir as portas ao público a 1 de Março, Dia da Cidade, a partir das 10h00. No dia anterior será realizada a inauguração oficial do espaço.

Esta iniciativa está integrada no projecto Dias de Thomar, que comemora as duas efemérides mais importantes do concelho: a elevação de Tomar a cidade e a fundação do seu castelo.

Com este projecto museológico, que tem o selo do município, e que foi desenvolvido na continuação das acções de reabilitação e requalificação daquele espaço, a central eléctrica torna-se a primeira unidade industrial do Complexo Cultural da Levada de Tomar a abrir as portas ao público.

Numa primeira fase o espaço terá uma exposição de longa duração, que apresenta e reflecte a memória daquele equipamento industrial. No futuro, a ideia é que o Núcleo Museológico proporcione a apresentação e interpretação de diferentes equipamentos de produção de energia eléctrica, assim como a história da electrificação em Tomar.

A Central Elétrica de Tomar, inaugurada a 1 de julho de 1901, surgiu com o propósito de fornecer electricidade a 100 lâmpadas de 16 velas para a cidade. Tomar foi uma das primeiras cidades do país, depois de Elvas e Vila Real, a dispor de iluminação pública eléctrica.

O Núcleo Museológico da Central Elétrica de Tomar vai estar aberto de terça-feira a domingo, durante o período de Inverno (Outubro a Março), das 10h00 às 12h00 e das 14h00 às 17h00, e durante o período de Verão (Abril a Setembro), das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00.

Fonte: O Mirante