Concurso Revive: procedimentos a decorrer

209

Programa REVIVE

Forte da Barra de Aveiro

O imóvel, classificado como Imóvel de Interesse Público, tem uma localização privilegiada, sobre a foz do rio Vouga, em pleno Porto de Aveiro, na ilha da Mó de Baixo.
_ Duração da concessão: 50 (cinquenta) anos
_  Renda mínima anual: € 6.444,00 euros
_  Área de construção: 3.709m2
Prazo limite para apresentação de propostas: 4 de maio de 2020
Para mais informações (+)
Quinta do Paço de Valverde (Évora)
Classificado como Imóvel de Interesse Público e a poucos quilómetros da cidade de Évora, este edifício localiza-se numa paisagem rural idílica e harmoniosa, onde um aqueduto, lagos e fontes nos jardins formam um sistema hídrico muito especial. É um palácio episcopal que remonta ao início do século XVI, perto do rio Valverde, construído por iniciativa da diocese ou do bispo de Évora, para servir de local de descanso aos seus membros e, mais tarde, como convento de Frades capuchinhos (1517).
_ Duração da concessão: 50 (cinquenta) anos
_ Renda mínima anual: € 10.000,00
_ Área bruta de construção total: cerca de 7.478,00 m2​
Prazo limite para apresentação de propostas: 27 a​bril 2020​.
Para mais informações (+)
Palacete dos Condes Dias Garcia (São João da Madeira)
Construído na viragem do século XIX para o século XX, o palacete dos Condes Dias Garcia é um exemplar arquitetónico do “estilo abrasileirado” ou “arquitetura dos brasileiros”, símbolo da afirmação e do prestígio pessoal e riqueza do seu proprietário, António Dias Garcia, natural de S. João da Madeira, que aos 12 anos emigrou para o Brasil e ali fez fortuna.
– Duração da concessão: 50 (cinquenta) anos
– Renda mínima anual: € 18.264,00
– Área de construção: 5237 m2
Prazo limite para apresentação de propostas: 6  março ​2020
Para mais informações (+)