“De casa para um mundo…” na XXI Bienal Internacional de Cerveira

96

Fundação Bienal de Cerveira

São nomes bem conhecidos das artes visuais e da literatura contemporânea portuguesa, como Pedro Calapez, Albuquerque Mendes, Capicua ou Gonçalo M. Tavares. À distância e em tempos de pandemia, juntam-se para apresentar o projeto artístico inédito “De casa para um mundo…”, mostrando que a criatividade não tem limites. O resultado integrará o programa expositivo da XXI Bienal Internacional de Cerveira.

A exposição “De casa para um mundo” será apresentada ao público na Biblioteca Municipal de Vila Nova de Cerveira, integrando o programa expositivo da XXI Bienal Internacional de Arte de Cerveira (1 de agosto a 13 de setembro 2020).
De recordar que a bienal de arte mais antiga do país e da Península Ibérica assinala os seus 42 anos sob o tema “Diversidade-Investigação. O Complexo Espaço da Comunicação pela Arte”.

Para mais informações (+)