Prémio Europa Nostra 2020 distingue projeto transfronteiriço

243

Na véspera do Dia da Europa, que se assinala a 9 de maio, são conhecidos os vencedores do Prémio Europa Nostra. Há vinte e um vencedores de quinze países europeus, entre eles está, na categoria Investigação, o projeto Rede Tramontana III liderado pela portuguesa Binaural, a Associação Cultural de Nodar. Este é um projeto que tem vários parceiros em Espanha, França, Itália e Polónia.

Apoiado pelo programa Europa Criativa Cultura em 2017, este projeto transfronteiriço pretende valorizar e preservar a memória de zonas europeias de montanha, de carater rural. Nas palavras do júri: “Este projeto promove a ideia de identidade europeia e, especificamente, do património imaterial de comunidades rurais e de montanha, que é comum a toda a Europa”.

Apontado como “um excelente exemplo de cooperação internacional entre investigadores com experiência em diversas áreas de estudo” este projeto da Rede Tramontana III já antes, em 2018, tinha sido distinguido pela Comissão Europeia como um caso de sucesso, no contexto do Ano Europeu do Património Cultural. Na altura era apontado como um bom exemplo de como a “Europa rural é compatível com abordagens culturais contemporâneas que incluem uma ampla gama de possibilidades”.

Fonte: RR