DIM2020 | Fundação Instituto Arquitecto José Marques da Silva

44

Fundação Marques da Silva

Enquanto se aguarda o momento em que as portas da Fundação Marques da Silva se voltarão a abrir sem restrições, assinalamos o Dia Internacional dos Museus com uma iniciativa digital: um olhar sobre o processo de restauro dos desenhos realizados durante a formação de José Marques da Silva em Paris, entre 1890 e 1896, enquanto aluno da Escola de Belas Artes e jovem aprendiz de arquiteto no atelier de Victor Laloux.

Falamos de 68 desenhos de arquitetura, 10 desenhos de modelo e ornamento, 44 enunciados e 2 memórias descritivas – hoje parte integrante do acervo da Fundação Marques da Silva – que foram alvo de um amplo e meticuloso processo de restauro, em grande parte realizado por Ana Freitas, da Oficina de Conservação e Restauro de Documentos Gráficos da Universidade do Porto e que este vídeo vem ajudar a tornar visível.

Para mais informações (+)
Vídeo (+)