Município de Viseu e DGPC celebram protocolo para criação da Reserva Municipal de Materiais Arqueológicos

47

DGPC

A Câmara de Viseu e a Direção-Geral do Património Cultural estabeleceram um protocolo de cooperação, que visa a criação da Reserva Municipal de Materiais Arqueológicos no Polo Arqueológico de Viseu.

Esta reserva reunirá o espólio resultante de trabalhos arqueológicos realizados e a realizar na área do concelho de Viseu, quer sejam promovidos pela autarquia, quer por outras entidades ou investigadores.

O município de Viseu disponibilizou, na Casa do Miradouro, um espaço com condições de depósito adequadas para espólio arqueológico e elaborou um regulamento de funcionamento e gestão da Reserva Municipal de Materiais Arqueológicos.

Cabe ainda ao município garantir “o tratamento e conservação dos bens em depósito” e “os meios humanos adequados, integrando técnicos qualificados da área”.

Segundo a autarquia, a Reserva Municipal tem como missão “promover a investigação e a divulgação dos materiais arqueológicos à sua guarda e desenvolver no Polo Arqueológico de Viseu iniciativas de sensibilização para a importância do património cultural” e, particularmente, do arqueológico.

Fonte: Porto Canal