DGS divulga novo documento com orientações para a utilização de equipamentos culturais

470

Museu Nacional de Arte Antiga

A Direção-Geral da Saúde publicou um novo documento com as normas e orientações para a utilização de equipamentos culturais como museus, salas de espetáculos ou bibliotecas no contexto da pandemia de Covid-19.

Orientações específicas para Museus, Palácios e Monumentos:

– A lotação máxima deve ser definida de forma a garantir o distanciamento físico entre os
visitantes, reduzindo a mesma para 1 visitante por 20 m2.

– A entrada de pessoas deve ser efetuada de forma individual e espaçada, de forma a
garantir o distanciamento de pelo menos 2 metros entre pessoas, excetuando-se pessoas
que sejam coabitantes.

– Se necessário, podem ser instituídos limites temporais de entrada e de visita, adaptados à dimensão do equipamento cultural, de forma a evitar a concentração de pessoas no
interior e à entrada do mesmo.

– Deve ser criado ou reforçado um circuito formal de visita, preferencialmente com circuitos
de sentido único (limitando a visita de espaços exíguos e minimizando o cruzamento de
visitantes em pontos de estrangulamento).

– A concentração de pessoas nos diversos pontos de visita do equipamento cultural deve
ser evitada e deve ser reforçado o cumprimento do distanciamento físico. Se necessário,
pode ser reforçada a vigilância dos diversos espaços interiores.

Documento disponível aqui (+)