Município de Lisboa pretende avançar com Museu das Descobertas

126

Lisboa

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa comprometeu-se a iniciar, até ao final do mandato, a concretização de um museu da descoberta, que reflita também sobre as questões da escravatura.

O projeto está inscrito no programa eleitoral, mas apenas agora Fernando Medina se compromete a dar “passos muito significativos para a sua concretização” até às eleições em 2021.

Esta é uma reivindicação antiga, e também polémica. O projeto foi há muito anunciado pela Câmara mas nunca detalhado.

Na entrevista deste sábado ao Diário de Notícias, Medina afirmou que vai também avançar com o memorial sobre a escravatura, votado em orçamento participativo de 2018. O projeto vencedor foi o do artista angolano Kiluanji Kia Henda, que prevê a recriação de uma plantação de açúcar, onde tradicionalmente era usada mão de obra escrava, no campo das cebolas em Lisboa.

Medina não apresenta no entanto qualquer prazo para a finalização dos dois projetos.

Fonte: SIC