Palácio da Bolsa transformado no Mercado do Livro

450

Mercado do Livro, Palácio da Bolsa, Porto

A partir de hoje, e até ao próximo dia 5 de julho, o Palácio da Bolsa, no Porto, acolhe o Mercado do Livro. Mais de 6500 títulos, com a chancela de mais de 50 editoras nacionais e estrangeiras, dispostos em mais de 60 bancadas com promoções em livros editados há mais de 18 meses: eis os números que dão expressão às letras que escrevem mais uma edição do Mercado do Livro, realizado no Palácio da Bolsa, no Porto.

Poesia, romance, banda desenhada, literatura infanto-juvenil ou culinária são algumas das áreas que condimentam o cardápio do certame, preparado com uma “seleção variada e atual”, onde é “possível encontrar livros bem únicos e que não se descobrem facilmente em livrarias nacionais”.

A feira — promovida pela Calendário de Letras, com o apoio da Associação Comercial do Porto e da Metro do Porto — realiza-se a partir desta quinta-feira e os “saldos literários” perduram até 5 de julho. A organização realça, em comunicado, que o mercado é o “primeiro grande evento de livros da cidade desde que surgiu a crise sanitária em Portugal”.

O Mercado do Livro estará aberto todos os dias, entre as 10h e as 19h, com entrada gratuita. No dia 24 de junho, o São João não fica esquecido, com a oferta de 30 manjericos aos primeiros 30 clientes.

Fonte: Expresso