Plano Nacional das Artes celebra primeiro aniversário com anúncio da criação de uma academia de formação

189

Plano Nacional das Artes

O Plano Nacional das Artes, iniciativa conjunta dos Ministérios da Educação e Cultura, vai ter uma academia de formação. O anúncio foi feito esta quinta-feira assinalando o primeiro ano do PNA.

Destinada a docentes, educadores, artistas e mediadores culturais, compreende “conteúdo interdisciplinar, cruzando cultura, arte e património com as diferentes áreas científicas curriculares”.

Em comunicado conjunto, as tutelas revelam que a academia é “concebida por artistas e especialistas” e vai arrancar durante o segundo semestre de 2020, com um conjunto de 10 ações de formação acreditadas, em formato digital e presencial. Estas ações decorrerão em parceria e colaboração com os centros de formação de associação de escolas em todo o país.

O Plano Nacional das Artes, criado pelos dois ministérios para vigorar durante dez anos, tem como principal objetivo “promover e e aproximar a cultura, as artes e o património dos cidadãos, especialmente crianças e jovens”. Articula-se com a Comissão Científica de Acompanhamento que integra o Plano Nacional de Leitura, o Plano Nacional de Cinema, o Programa de Educação Estética e Artística, a Rede de Bibliotecas Escolares e a Rede Portuguesa de Museus.

Fonte: Jornal Económico