Arquitectos portugueses distinguidos em concurso internacional

106

BOX XL Houses_guimaraes

Um hotel canino em Vila do Conde, um empreendimento habitacional em Guimarães e um centro médico em Santa Maria da Feira foram premiados no “The International Architecture Awards”, do Museu de Arquitectura de Chicago, nos Estados Unidos.

Estes três projectos portugueses, reconhecidos na classe de hotéis, casas de habitação e equipamentos de saúde, respetivamente, fazem parte dos mais de 125 novos edifícios e estudos urbanos de todo o mundo reconhecidos na 15.ª edição dos prémios internacionais de arquitetura, refere a página da organização.

Concluído em 2019, o hotel canino e felino em Vila do Conde, distrito do Porto, é da autoria do arquitecto Raulino Silva.

As premiadas sete casas, denominadas de BOX XL Houses, em Guimarães, distrito de Braga, do Grupo Zegnea, foram, à semelhança da unidade hoteleira, concluídas no ano passado.

O projeto Box XL Houses é um empreendimento de sete casas dispostas de forma diversa que, em 2019, foi reconhecido com uma menção honrosa no «Architecture Masterprize», lê-se na sua página oficial.

A Clínica de Hemodiálise Nefrodouro, em Santa Maria da Feira, distrito de Aveiro, assinado pela Ventura + Partners, tem uma forma paralelepipédica desenvolvida em dois pisos, um dos quais semienterrado, segundo a página deste gabinete de arquitetura.

Os «International Architecture Awards» distinguem, ano após ano, os melhores projetos de design e arquitectura de todo o mundo, tendo os vencedores deste ano sido selecionados por um júri grego composto por arquitetos, críticos e académicos.

Para mais informações (+)