Cripta de Notre Dame reabre com exposição sobre romance de Victor Hugo

35

exp_notre_dame_vitor_hugo_2020

A cripta de Notre Dame reabriu esta quarta-feira ao público com uma exposição que relembra os antigos e atuais debates sobre a reconstrução do monumento histórico, enquanto os trabalhos de renovação continuam à superfície.

Para marcar esta reabertura, num espaço de 2.200 metros quadrados que revela o coração de Paris entre o I e o IV séculos e que fica imediatamente abaixo do adro da catedral parisiense, os Museus de Paris escolheram como tema de exposição “Notre-Dame de Paris, de Victor Hugo a Eugène Viollet-le-Duc“.

Entre fotografias e citações do romance de Victor Hugo que nos anos 30 do século XIX veio despertar a paixão dos parisienses pela Catedral, os curadores quiseram contar a história de quase 500 anos de abandono a que esta igreja esteve sujeita e os esforços posteriores à publicação do livro para a renovar.

Além da nova exposição, a cripta apresenta ainda aos visitantes um novo percurso arqueológico, onde se pode percorrer a cidade de Lutece, que antecedeu Paris, com estruturas como casas e portas ainda preservadas com quase 2.000 anos e um acesso ao antigo porto.

Fonte: Notícias ao minuto