Traje à Vianesa classificado como Património de Interesse Municipal

24

traje_viana

O Traje à Vianesa foi classificado como Património de Interesse Municipal, na passada quinta-feira, dia 10 de setembro. A autarquia aponta esta classificação como “a primeira etapa para a inscrição como Património Imaterial”, num processo que começou em julho de 2013.

A Câmara de Viana solicitou um estudo que permitisse elaborar “um caderno de especificações”. Este elemento fundamental baseia-se num documento normativo “que regulamenta a implementação do processo de certificação”. No caso do Traje à Vianesa – Viana do Castelo, tal corresponde à figura de uma IG – Indicação Geográfica, cuja atribuição compete ao INPI – Instituto Nacional da Propriedade Industrial. Esta IG – Indicação Geográfica é composta por uma denominação e por uma marca (símbolo).

A inclusão da produção tradicional “Traje à Vianesa – Viana do Castelo” foi aprovada, em dezembro de 2016, no Registo Nacional de Produções Artesanais Tradicionais Certificadas. Com esta aprovação a Câmara Vianense pediu o registo da Indicação Geográfica e marca ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial.

O Traje à Vianesa contém múltiplos elementos feitos à mão na região do Minho, com exceção dos lenços. O resultado é motivo de orgulho da população local que prima pela arte do bem trajar, envergando-o com numerosos adornos que remontam às raízes e tradições vianenses.