Núcleo Museológico do Contrabando: histórias da raia em Vila Velha de Rodão

232

nucleo_museologico_contrabando_perais_vvrodao

Na freguesia de Perais, em Vila Velha de Rodão, o edifício da Junta de Freguesia é de paragem obrigatória. A escola primária de outros tempos, e que hoje é a sede da Junta, acolhe o Núcleo Museológico do Contrabando.

A freguesia de Perais faz fronteira com Espanha, num ponto estratégico onde os rios Ponsul e Sever se encontram com o Tejo. O mesmo rio que separava o território era, simultaneamente, um elemento de aproximação entre as populações dos dois lados da fronteira, as quais estabeleciam relações económicas, sociais e culturais entre si. Em pleno Estado Novo, o contrabando de produtos era uma prática comum. Mais tarde, quando o Estado Novo criou entraves à emigração portuguesa, mas mesmas rotas que serviam as trocas comerciais começaram a servir para a passagem clandestina para o resto da Europa.

No interior do Núcleo Museológico do Contrabando, uma sala testemunha a história da freguesia e a memória da sua população, sublinhando a importância do contrabando. Na sua exposição, destacam-se objetos e ferramentas de uso quotidiano e um importante espólio fotográfico.

Visitar o Núcleo Museológico de Perais constitui uma viagem a um passado recente e que não se esgota entre quatro paredes. Na praça da freguesia, desfiam-se histórias pela voz de quem “saltou” o rio, desafiou a sorte e fez do contrabando uma forma de vida.

Uma visita a não perder!

Rua da Fonte Nova, Perais
6030-053 Vila Velha de Ródão