Francisco José Viegas vence Prémio Literário Fernando Namora

133

Francisco_jose_viegas

O escritor Francisco José Viegas venceu o Prémio Literário Fernando Namora pelo seu mais recente romance, “A Luz de Pequim”, considerado “a melhor obra de ficção editada em 2019”.

Na sua 23.ª edição, o júri, presidido por Guilherme d’Oliveira Martins, escolheu ‘A Luz de Pequim’, por considerar tratar-se de “uma obra que interroga o tempo e o que fazemos com ele” e de um “romance de avaliação de experiências passadas e incertezas atuais“.

Instituído pela Estoril-Sol, em 1988, para comemorar o cinquentenário da vida literária de Fernando Namora, este prémio foi já atribuído a João de Melo, Maria Isabel Barreno, Urbano Tavares Rodrigues, Mário de Carvalho (duas edições), Manuel Alegre, Teolinda Gersão, Armando Silva Carvalho, António Lobo Antunes, Nuno Júdice, Miguel Real, Mário Cláudio, Luísa Costa Gomes, Gonçalo M. Tavares, Paulo Castilho, José Eduardo Agualusa, Bruno Vieira Amaral, Afonso Cruz, Ana Cristina Silva, Carlos Vale Ferraz e Julieta Monginho.

Do júri fizeram parte representantes da Direcção Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB), da Associação Portuguesa de Críticos Literários (APCL), da Associação Portuguesa de Escritores (APE), da Estoril-Sol e ainda “duas personalidades independentes de reconhecido mérito”.

Fonte: Notícias ao Minuto