Prémio Pritzker 2021 atribuído a Anne Lacaton e Jean-Philippe Vassal

239

palais_tokyo
Palais de Tokyo

A organização do Prémio Pritzker em Chicago anunciou esta terça-feira a atribuição do Prémio Pritzker 2021, considerado o mais importante na área da arquitectura, à dupla de arquitectos franceses Anne Lacaton e Jean-Philippe Vassal.

“A obra de Anne Lacaton e Jean-Philippe Vassal reflecte o espírito democrático da arquitectura. Através das suas ideias, da sua abordagem à profissão e dos seus edifícios, eles provaram que é possível estabelecer um compromisso com uma arquitectura de reabilitação que é ao mesmo tempo tecnológica, inovadora e ecologicamente responsável, sem procurar a nostalgia”, defende o júri que a partir desta edição passou a ser presidido pelo arquitecto chileno Alejandro Aravena, Prémio Pritzker de 2016.

Um dos projectos mais conhecido desta dupla, que tem uma obra inovadora na área da reconversão de espaços, é a reabilitação do Palais de Tokyo, um centro de arte contemporânea em Paris. Também emblemáticas de uma nova atitude crítica em relação à profissão de arquitecto são as suas reconversões das torres de apartamentos dos subúrbios de Paris, que procuram encontrar soluções que não passam pela demolição.

“Com os seus projectos de habitação privada e social, de instituições culturais e universitárias, de espaços públicos e intervenções urbanas, Lacaton e Vassal propõem uma sustentabilidade que dá atenção às estruturas pré-existentes, concebendo projectos que começam por fazer um inventário do que já existe”, diz também o júri sobre este atelier fundado em 1987e sediado em Paris.

Para mais informações (+)

Siga-nos