“Mistérios da Arte de Curar” no Museu da Farmácia

116

exp_sensorial_museu_farmacia

A exposição “Mistérios da Arte de Curar: Uma experiência multissensorial por 5000 anos de história” resulta de uma parceria da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto com o Museu da Farmácia, desenvolvida no âmbito do Programa Doutoral em Media Digitais.
Tendo como pilares centrais a inclusão, a acessibilidade a públicos com deficiência visual e a utilização de tecnologias interativas, a exposição retrata uma história de sobrevivência, de luta contra a doença, e de procura da cura na ciência e na religião.

É através de réplicas de objetos do Museu da Farmácia Porto, tão distantes no tempo quanto no espaço, que a exposição se materializa. Apelando aos múltiplos sentidos humanos, promete ser uma exposição interativa e acessível, na qual as réplicas dos objetos expostos contam a sua história assim que o visitante as manusear.

Com génese em 2017, este projeto conta, até ao momento, com a participação de mais de 70 pessoas com deficiência visual, provenientes de 10 instituições a nível nacional. Financiado pelo Programa NORTE 2020, foi recentemente galardoado com o “2020 International Award for Excellence for The Inclusive Museum Research Network” pela Common Ground Research Networks (Illinois, EUA).

Convidamos os visitantes a aventurarem-se nesta experiência interativa entre os dias 5 e 17 de abril, no Porto, e que, voluntariamente, nos deixem as suas opiniões após a visita.

Outras informações e agendamento:
A entrada é gratuita.
Devido à situação de pandemia atual, torna-se necessário efetuar marcação prévia para quem desejar contribuir para a avaliação da exposição. Os horários de funcionamento são os seguintes:
• 10h00-18h00 nos dias úteis (última entrada às 17h30)
• 10h00-13h00 aos sábados (última entrada às 12h30)

Os agendamentos e outros pedidos de informação podem ser feitos pelos seguintes meios:
• N.º de telefone do Museu da Farmácia do Porto: 226 167 995
• E-mail do Museu da Farmácia do Porto: museudafarmacia@anf.pt
• E-mail do investigador: robertovaz@fe.up.pt