Museu de Faro reabre com programação especial

16

Museu de Faro

O Museu Municipal de Faro reabre com duas exposições, do ciclo de arte contemporânea “Eklektikós”, de Susana de Medeiros e João Paulo Serafim, a serem inauguradas no dia 6 de Abril.

“Trinta e Sete”, de Susana de Medeiros, designa uma linha imaginária tomada como ponto de partida a que corresponde um mesmo grau de latitude em ambos os hemisférios.

«A artista fala-nos de latitudes espelhadas, de dois territórios situados em latitudes parcialmente coincidentes: entre 36º a 38º Norte no Algarve e 37º a 40º Sul no Chile – nas regiões de Bio-Bio, Araucania e Los Rios. É esta geografia que delimita o território de investigação artística de Susana de Medeiros, que toma o território como um laboratório em que “a deslocação” é instrumento cognitivo e projetual que gera conhecimento», diz a associação Artadentro.

Desta exposição também fazem parte caminhadas, com percursos até 8 quilómetros.

A 2 de Maio, a caminhada será em Vila do Bispo (10h30), orientada por Catarina Oliveira e Mara Taquelim, com local de encontro à entrada da Salema, junto à paragem de autocarro.

Já no dia 16, o passeio será em Aljezur, a partir das 10h30, orientado por Susana de Medeiros, Christin Lidzba e Ana Celorico Machado. O ponto de encontro será o café André.

Por fim, a 23 de Maio, a caminhada decorrerá à parte, 15h00, em Vila do Bispo, com local de partida na Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe. O passeio será orientado por Ana Carla Cabrita e Beatriz Cardoso.

Quem se quiser inscrever ou obter mais informações, pode fazê-lo para o e-mail artadentro@hotmail.com.

A outra exposição que vai marcar a reabertura do Museu de Faro é “A Interminável Tarefa Taxonómica”, de João Paulo Serafim.

Nesta mostra, que articula fotografias realizadas entre 2009 e o presente, João Paulo Serafim, dá-nos a ver parte de um percurso artístico particular, em que se propõe uma leitura contemporânea de realidades distópicas com as quais nos confrontamos no quotidiano.

Fonte: Sul Informação