“Radar Veneza – Arquitetos Portugueses na Bienal 1975-2021″ em exposição na Casa da Arquitectura

86

exp_radar_veneza

“Radar Veneza – Arquitetos Portugueses na Bienal 1975-2021″, com curadoria de Joaquim Moreno e Alexandra Areia, está patente até 10 de outubro na Casa da Arquitectura. A mostra propõe uma viagem reflexiva sobre a participação portuguesa ao longo dos 46 anos representação nacional em Veneza, desde 1975 até aos nossos dias.

Recorde-se que a Direção-Geral das Artes (DGArtes) depositou na CA o acervo das representações portuguesas na Bienal de Arquitetura de Veneza e é sobre esse material que a exposição é trabalhada, reunindo projetos de alguns dos nomes mais considerados na arquitetura portuguesa.

A exposição “Radar Veneza” contará com um programa paralelo no âmbito do qual será também lançado o catálogo homónimo, com ensaios de Joaquim Moreno, Alexandra Areia e Léa-Catherine Szacka (arquiteta, crítica e especialista na Bienal de Veneza).

Trata-se de um volume de 336 páginas com 32 entrevistas transcritas aos protagonistas das participações portuguesas na Bienal entre 1975 e 2021, 24 desenhos dos 24 objetos/grandes modelos apresentados na exposição e uma linha temporal – espaço para uma visão panorâmica das transformações, capaz de comunicar ideias e contextos gerais de cada Bienal e as circunstâncias específicas de cada representação nacional.

O catálogo “Radar Veneza – Arquitetos Portugueses na Bienal 1975-2021″ é coeditado e produzido pela Casa da Arquitectura e coeditado pela Direção-Geral das Artes.

Fonte: Casa da Arquitectura

Para mais informações (+)

Siga-nos