Oeiras candidata a Capital Europeia da Cultura 2027

67

A Câmara Municipal de Oeiras apresentou oficialmente a candidatura a Capital Europeia da Cultura 2027, apelando à participação dos cidadãos, para que a comunidade do concelho seja “mais coesa, plural inclusiva e sustentável” no futuro.

“[A candidatura] é uma oportunidade da nossa comunidade e um desenho para o futuro e, portanto, também um instrumento de desenvolvimento a nível da comunidade local, como para a região onde esta comunidade se insere, como contributo para o desenvolvimento para o país e para a projeção internacional”, disse o comissário da candidatura, Jorge Barreto Xavier.

Jorge Barreto Xavier falava hoje durante a apresentação da candidatura de Oeiras (distrito de Lisboa) a Capital Europeia da Cultura 2027, numa cerimónia no auditório do Taguspark, em Porto Salvo.

De acordo com o comissário da candidatura, é através de novas “dinâmicas de ideias” que é possível preparar um novo ciclo de desenvolvimento, como as atividades empreendedoras e criativas.

“Tudo na nossa vida é coberto por esta estranha palavra que tem centenas de definições que é a cultura. Tudo na nossa vida está contaminado, não só pelas dinâmicas do quotidiano, como [também] na receção que fazemos do património do passado por uma ideia de cultura. A cultura é um elemento crítico para a inovação e para a criatividade”, realçou.

A ideia do projeto, segundo Jorge Barreto Xavier, é desenvolver uma “cidade polinucleada com serviços de curta distância para os cidadãos, um polo de referência nas aéreas de ciência e tecnologia, um motor de desenvolvimento para o país, um nó crítico da rede na Área Metropolitana de Lisboa e um território que faz da cultura o cimento” que liga os cidadãos.

Apontando para uma competição saudável entre os municípios, o presidente da Câmara de Oeiras, Isaltino Morais, explicou que Cascais, Sintra, Lisboa, Almada foram chamados a envolverem-se na candidatura à Capital Europeia da Cultura 2027.

Fonte: Sapo24