Quarta-feira, Agosto 4, 2021
Inicio Destaque Museu do Chiado evoca quadros da decoração de 1925 do café A...

Museu do Chiado evoca quadros da decoração de 1925 do café A Brasileira

86

exp_brasileira_chiado

Uma exposição com quadros de artistas modernistas vai celebrar, a partir de sexta-feira, os 50 anos da segunda decoração do café A Brasileira do Chiado, em 1971, partilhando memórias da original, no Museu Nacional de Arte Contemporânea, em Lisboa.

Intitulada “A Brasileira do Chiado – Café Museu 1925-1971”, a mostra é inaugurada no Museu Nacional de Arte Contemporânea (MNAC), onde ficará patente até 26 de setembro, com curadoria das historiadoras de arte Maria de Aires Silveira e Raquel Henriques da Silva.

No MNAC, será possível ver alguns dos quadros da decoração de 1925, e um conjunto de documentação, em grande parte inédita, da decoração realizada em 1971, nomeadamente 13 fotografias captadas por José Luís Madeira (1948-2012), que acompanhou a colocação das pinturas nas paredes de A Brasileira, exatamente na noite de 26 de junho de 1971.

Em 1925, A Brasileira passou a expor 11 telas de sete pintores portugueses da nova geração, da época, que frequentavam a sua sala: Almada Negreiros, António Soares, Eduardo Viana, Jorge Barradas, Bernardo Marques, Stuart Carvalhais e José Pacheko.

Em 1971, outras 11 telas foram assinadas por outros tantos novos pintores: António Palolo, Carlos Calvet, Eduardo Nery, Fernando Azevedo, João Hogan, João Vieira, Joaquim Rodrigo, Manuel Baptista, Nikias Skapinakis, Noronha da Costa e Vespeira.

(…)

O café lisboeta A Brasileira, foi fundado em 1908, por Adriano Teles, “e mantido, quase miraculosamente ao longo de mais de um século, em relação aos valores decorativos que o modernizaram em 1925”, recorda a curadora.

Fonte: RTP