Extensão do Romantismo do Museu da Cidade do Porto reabre a 27 de agosto

118

museu_romantico_porto

A Extensão do Romantismo está instalada na Quinta da Macieirinha, junto aos Jardins do Palácio de Cristal, na antiga casa de campo do século XVIII que pertenceu à família Pinto Basto.

O edifício abriu como núcleo museológico em 1972, como Museu do Romântico, com o intuito de mostrar o ambiente de casa burguesa de Oitocentos, período característico no Porto.

Atualmente encerrada, a “estação 4” do Museu da Cidade centrava a sua narrativa no rei do Piemonte e da Sardenha, Carlos Alberto, que aí exilado, veio a passar os seus últimos dias.

Depois da intervenção arquitetónica de Camilo Rebelo, e de obras de restauro em algumas importantes peças da coleção, a Extensão do Romantismo reabriu portas em 2017 e renasce agora, em 2021, com um novo projeto museológico em torno da ideia de romantismo e do seu impacto e influência na cidade do Porto.

Cruzam-se também na Extensão do Romantismo o eixo sonoro e o eixo natureza, pela integração numa zona verde composta pelos Jardins do Palácio de Cristal e pelos Jardins da Casa Tait, e uma ampla vista sobre o rio e o mar.

Museu da Cidade (+)