MACNA celebra vida e obra de Nadir Afonso

37

macna_chaves

Integrado na efeméride do centenário de nascimento de Nadir Afonso, o Museu de Arte Contemporânea Nadir Afonso (MACNA) recebe, a partir do próximo sábado, o terceiro e último momento expositivo do programa comemorativo “Nadir Afonso, entre o local e o global”.

“Da Figuração à Abstração” apresenta obras do artista flaviense pertencentes a diversas coleções institucionais, nomeadamente ao Museu Nacional Soares dos Reis, ao Atelier-Museu Júlio Pomar, ao Centro de Arte Moderna– Fundação Calouste Gulbenkian, à Fundação Millennium BCP, à Fundação de Serralves e à Fundação Nadir Afonso.

A exposição, com curadoria de Maria do Mar Fazenda, coloca lado a lado uma seleção de autores influentes no percurso artístico do mestre flaviense, como Dordio Gomes, Fernando Lanhas, Júlio Pomar e Júlio Resende, com especial incidência nos anos de formação na Escola Superior de Belas-Artes do Porto.

Durante o dia de abertura, a exposição “Da Figuração à Abstração” estará acessível ao público de forma gratuita, sujeita a inscrição prévia obrigatória para os contactos 276 009 137 ou mac.nadirafonso@chaves.pt.

A mostra expositiva estará patente ao público no MACNA até ao dia 5 de dezembro de 2021, de terça a domingo, das 10h30 às 13h00 e das 14h30 às 19h00.