Barro negro de Bisalhães em destaque até sábado na Expo Dubai

182

olaria_negra_bisalhaes

A olaria negra de Bisalhães e a gastronomia regional estão em destaque no pavilhão de Portugal da Expo Dubai, para valorizar e promover a louça de Vila Real classificada pela UNESCO.

A participação na Expo Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, resulta de uma iniciativa conjunta entre o Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP), o município de Vila Real e a Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) Portugal Global.

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) inscreveu a 29 de novembro de 2016 o processo de fabrico do barro preto de Bisalhães na lista do Património Cultural Imaterial que necessita de salvaguarda urgente.

Este é considerado um ofício duro, exigente, com recurso a processos que remontam, pelo menos, ao século XVI. O processo de fabrico inclui desde o tratamento inicial que se dá ao barro até à cozedura.

As peças que nascem pelas mãos dos artesãos são depois cozidas em velhinhos fornos abertos na terra, onde são queimadas giestas, caruma, carquejas e abafadas depois com terra escura, a mesma que lhe vai dar a cor negra.

E foi este processo de fabrico que foi classificado pela UNESCO.

A Expo 2020 Dubai conta com a participação de 192 países e é a primeira a decorrer no Médio Oriente entre 01 de outubro e 31 de março.

Siga-nos