Museu do Neo-Realismo lança obras de Alves Redol

44

alves_redol

Alves Redol e o Grupo Neo-Realista de Vila Franca, de Garcez da Silva, e Cadernos Nova Síntese são as obras apresentadas dia 20 de Novembro, pelas 16h, no Museu do Neo-Realismo, em Vila Franca de Xira.

Em Alves Redol e o Grupo Neo-Realista de Vila Franca, agora publicado em segunda edição, Garcez da Silva fala «da generosa cumplicidade, rebeldia e capacidade de luta contra a ditadura salazarista que marcou a juvenília de um conjunto de escritores vila-franquenses, para quem a arte deveria ser um testemunho social e um instrumento no processo global de transformação do mundo, uma perspectiva fundadora duma poética neo-realista».

Os Cadernos Nova Síntese apresentam os textos de «investigadores do universo da língua portuguesa, entre a Galiza e o Brasil, bem como um conjunto de investigadores portugueses de uma geração mais jovem, a quem foi proposto que lessem a obra de Redol a partir das suas preocupações actuais, dos trabalhos de pesquisa e dos projectos em que se encontram envolvidos».

Vítor Viçoso, professor aposentado da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, apresenta a obra Alves Redol e o Grupo Neo-Realista de Vila Franca. Os Cadernos Nova Síntese I – Alves Redol – Presente e Futuro da Sua Obra / II – Neo-Realismo Português e Realismo no Mundo (cont.) serão apresentados por Paula Godinho e José Manuel Vasconcelos.