Museu Nacional da Resistência e Liberdade apresenta exposição sobre centenário do PCP

49

exp_pcp_peniche

A exposição “PCP – 100 anos de vida e de luta” é inaugurada, este domingo, no Museu Nacional da Resistência e Liberdade, em Peniche, com objectos que, no futuro, vão ser cedidos ao museu, anunciou o partido político. “O PCP irá ceder estes objectos ao Museu Nacional de Resistência e da Liberdade quando este estiver concretizado”, disse o responsável da Organização Regional de Leiria do PCP, Ângelo Alves.

Organizada pela comissão concelhia do PCP de Peniche, a mostra integra 17 painéis alusivos ao percurso de luta e intervenção do PCP, desde a sua fundação até aos dias de hoje. Da exposição, fazem parte utensílios e publicações ligados a momentos históricos importantes para o PCP e à resistência do partido à ditadura fascista, como o relógio utilizado por Rogério Paulo na organização da Fuga de Peniche, em 1960, ao dar sinal do exterior da cadeia para o início da fuga em que participaram vários dirigentes comunistas, entre os quais o ex-líder Álvaro Cunhal.

A mostra tem patente uma foice e um martelo de madeira construídos em 1937 por operários de Caldas da Rainha e descobertos aquando das obras de reconstrução do edifício dos CTT, tarjetas de solidariedade para com os presos políticos, jornais elaborados por presos políticos na cadeia, objectos trocados entre a direcção prisional e o PCP para dissimular mensagens contidas no seu interior. Podem ser ainda vistas umas tairocas de madeira construídas por Álvaro Cunhal, na cadeia de Peniche, assim como a loiça utilizada por este na sua cela para as refeições.

O prelo e as máquinas de escrever utilizadas na composição e difusão da imprensa clandestina, em casas clandestinas, e uma bicicleta utilizada durante a clandestinidade para a distribuição do ‘Avante!’ fazem também parte da mostra.

A mostra vai ficar patente até 5 de Dezembro, dia em que é apresentado o livro ‘100 anos de vida de luta’, em que intervirá Manuel Rodrigues, membro da comissão política do Comité Central do PCP e director do ‘Avante!’.

Fonte: Alvorada