Documentos da viagem de Fernão de Magalhães candidatos à memória da UNESCO

81

V Centenario da Circum-Navegacao

Portugal e Espanha apresentam uma candidatura conjunta de documentos singulares sobre a viagem de circum-navegação de Fernão de Magalhães ao Registo da Memória do Mundo da UNESCO, até 30 de novembro, anunciou o Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, na conferência de imprensa que se seguiu a uma reunião da Comissão Nacional das Comemorações do V Centenário da Circum-Navegação, em Lisboa.
O Ministro referiu que será apresentado um conjunto de 15 documentos, incluindo «o Diário de Pigafetta [cronista da viagem], um relato indireto por Fernando de Oliveira e 13 documentos que existem nos arquivos nacionais de Portugal e Espanha e que permitem compreender, também de outros pontos de vista, o significado absolutamente inaugural da viagem de circum-navegação».
O programa Memória do Mundo foi criado pela UNESCO em 1992 com o objetivo de proteger e promover o património documental mundial através da conservação e do acesso aos documentos.
Neste registo «estão inscritos documentos e conjuntos documentais portugueses, o mais conhecido dos quais é, merecidamente, a carta do achamento do Brasil», redigida por Pedro Vaz de Caminha.
Constam ainda deste registo o Tratado de Tordesilhas, a Coleção Corpo Cronológico, os Arquivos dos Dembos, o relatório da primeira Travessia Aérea do Atlântico Sul, por Gago Coutinho e Sacadura Cabral, o roteiro da primeira viagem de Vasco da Gama à Índia e os manuscritos do Comentário do Apocalipse (do Beato de Liébana).
Fonte: Portugal GOV