DGARTES (2019-2021): Um Balanço. Disponível online

130

balanco_dgartes

A Direção Geral das Artes (DGARTES) publicou o resultado dos últimos três anos com a publicação do relatório DGARTES (2019-2021): Um Balanço.

A DGARTES, serviço central do Ministério da Cultura, tem procurado dar uma resposta “cada vez mais adequada, consistente e eficaz às necessidades e expetativas do setor das artes em Portugal, alinhando e concertando a sua ação com os demais instrumentos de política pública para a cultura que a atual tutela tem adotado neste último triénio”.

Desde “2015, os apoios públicos às artes cresceram 83%, atingindo o patamar dos 25 milhões de euros (anuais). De 2018 para 2019 a evolução global dos apoios concedidos (englobando todos os apoios concorrenciais) foi da ordem dos 9,6%, ao passo que de 2019 para 2020 a variação positiva subiu para os 18,8%.

Em suma, a “renovação que se assistiu nos últimos anos na política cultural e artística com consequências na configuração do regime de apoios às artes tem tradução na dinâmica de relacionamento do Estado e da administração com o setor: falamos agora de uma relação mais aberta e transparente, menos burocrática, mais próxima e de maior confiança”.

Para mais informações (+)

Siga-nos