Braga propõe “Tempo de Contemplação” na candidatura a Capital Europeia da Cultura

136

braga_2027

“Tempo de Contemplação” é o lema que vai orientar a candidatura de Braga a Capital Europeia da Cultura (CEC) em 2027. O dossiê foi apresentado na passada semana numa emissão da Rádio Universitária do Minho, no edifício Gnration. Ao todo, estão em cima da mesa 50 projetos com cinco eventos-âncora.

“O tempo para contemplação tem imbuído as questões do tempo, ação e contemplação. Queremos desenvolver um processo de reflexão conjunta, que nos convida a desacelerar, a conectarmos connosco, com o espaço que nos rodeia e com os outros. Guardarmos tempo para nós, para a fruição cultural e refletirmos no nosso papel enquanto sociedade”, justificou Cláudia Leite, coordenadora geral da Braga”27.

Dividido em quatro pilares – templo da criação, da empatia, da deambulação e do despertar -, o programa foi resultado de uma estratégia cultural desenhada para uma década – até 2030 -, que reuniu mais de 3000 pessoas e organizações em processos de auscultação entre 2018 e 2020.

Fonte: JN

Para mais informações (+)

Siga-nos