Financiamento a fundações conta com 26,8 milhões de euros, mais 336.100 euros que em 2021

61

logo_ministerio_cultura

As oito fundações portuguesas tuteladas pelo Ministério da Cultura (MC) vão receber este ano 26,8 milhões de euros, o que representa um aumento de 336.100 euros face ao ano anterior, foi esta quinta-feira anunciado.

De acordo com despacho publicado em Diário da República, este aumento do montante das transferências anuais beneficiará sobretudo a Fundação Centro Cultural de Belém, que receberá este ano 8,4 milhões de euros, mais 336.000 euros do que em 2021.

A Fundação Fundação Arpad Szénes – Vieira da Silva vê arredondada a transferência este ano para 450.000 euros, quando em 2021 foi de 449.899,34 euros.

No total, as oito fundações tuteladas pelo Ministério da Cultura receberão 26,8 milhões, provenientes do Fundo de Fomento Cultural e da Direção-Geral do Património Cultural.

A maior fatia desta verba é para a Fundação Casa da Música, com 10 milhões de euros, seguindo-se a Fundação CCB (8,4), a Fundação de Serralves, com 4,6 milhões de euros, e a Fundação de Arte Moderna e Contemporânea – Coleção Berardo, com 2,1 milhões de euros.

A Côa Parque — Fundação para a Salvaguarda e Valorização do Vale do Côa — receberá 595.000 euros, a Fundação Museu do Douro contará com 500.000 euros e a Fundação Dr. Ricardo do Espírito Santo Silva terá uma transferência de 200.000 euros.

Siga-nos