Gouveia adapta “Villa Josephine” na aldeia de Melo para funcionar como “Casa-Museu Vergílio Ferreira”

94

O município de Gouveia, no distrito da Guarda, adjudicou a obra de adaptação do edifício “Villa Josephine”, situado na aldeia de Melo, para funcionar como centro de cultura, com a designação “Casa-Museu Vergílio Ferreira com Residência Artística”.

O presidente da Câmara de Gouveia, Luís Tadeu, disse hoje à agência Lusa que a adaptação do edifício, também conhecido por “Casa Amarela”, adjudicada por cerca de 600 mil euros, é “uma obra importante” para o concelho e para a região “pelo simbolismo” que possui.

A casa está associada à vida e obra de Vergílio Ferreira, considerado “um grande escritor nacional”, lembrou.

Vergílio Ferreira nasceu na aldeia de Melo, no concelho de Gouveia, distrito da Guarda, a 28 de janeiro de 1916, e morreu a 01 de março de 1996.

Siga-nos