“Árvore da Vida”| Joana Vasconcelos no MAAT

5059

arvore_vida_joana_vasconcelos_z

A exposição “Plug-in. Joana Vasconcelos”, que incluirá “Árvore da Vida”, e “O Castelo Surrealista de Mário Cesariny” (1923-2006) estão entre as exposições que são inauguradas a partir de 29 de setembro no Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia (MAAT), em Lisboa.

A nova exposição de Joana Vasconcelos será a primeira a inaugurar, reunindo um conjunto de peças da artista. A “Árvore da Vida” – uma estrutura de 13 metros, representando as emoções vividas no confinamento, com a expectativa de um recomeço mais harmonioso – esteve instalada na Capela do Castelo de Vincennes, em Paris, em abril deste ano.

Joana Vasconcelos criou uma “árvore luxuosa e sensual” em tons de vermelho, castanho e dourado, com um intrincado tronco de tecido, em várias técnicas artesanais com lãs e outros materiais, que se propaga depois na copa em dezenas de ramos que acolhem cerca de 140 mil folhas, algumas em bordado de Castelo Branco, outras cobertas de lantejoulas, e ainda folhas de couro, onde foram instaladas milhares de luzes LED.

Esta obra devia ter sido inaugurada em setembro de 2022, de forma a encerrar a Temporada Cruzada entre França e Portugal, mas devido a problemas técnicos, a abertura foi adiada para abril, para a Capela do Castelo de Vincennes, em Paris, e virá a 29 de setembro para o museu junto ao Tejo, em Lisboa

(2019).

Siga-nos